22/05/2015

O custo para ter e usar um carro - Renault Sandero 1.0

    Vamos falar aqui do custo de se ter um carro, não do valor do bem, mas quanto que custa usar a máquina. O carro em questão é um Renault Sandero 1.0 16v 2011 com ar e direção. Comprei ele 0km, sempre fiz revisões na consercionária. Apenas após os 3 anos de garantia ele teve uma revisão de oficina, mas cuidadosa e de acordo com o manual. Eu rodo +- 1600km/mês. Vamos lá:

    Fiz uma conta, bem cuidadosa, sobre quanto custa o Km rodado do Sandero. Foi fácil calcular +- o gasto pq o carro completou 4 anos com exatos 80mil Km. O cálculo não contempla o valor do carro, a desvalorização do mesmo, lavagens, estacionamento, flanelinha, nem o valor do bem se fosse investido num ativo. Esses valores vocês encontram nos excelentes blogs sobre finanças que tem aí do lado, no blogroll. Outras coissa que não fazem parte são ítens de manutenção mais rara, como lâmpadas, palhetas e outros como escapamento e embreagem, que nunca troquei nesse carro.  

                R$/Km   
gasolina     0,23
pneu           0,06
revisão       0,05
IPVA         0,055
seguro        0,05
                  ------
Total          0,445 por Km rodado

    O total é uma média como seu eu rodasse metade do tempo na estrada e metade na cidade. Na verdade o meu gasto é um pouco maior que esse pq eu ando muito na cidade, então ele pode variar pra cima ou pra baixo, dependendo do uso.
    Descrevendo os gastos, a gasolina é isso aí mesmo. Moro em uma cidade grande cheia de ladeiras e engarrafamentos. Minha vida diária no trânsito é de 2:30 a 3 horas no anda e para de engarrafamento. Só coloco álcool quando o preço está igual ou mais vantajoso, mas a única vantagem mesmo é que o carro fica mais esperto. O pneu inclui todo o pacote de troca: 4 pneus 14", de alta qualidade, com alinhamento e balanceamento. Só compro pneu bom. Se vc for comprar pneu e nao der pra comprar o melhor pneu, compre outro dia. Revisão é a média de todas. Inclui óleo e filtros. IPVA inclui tudo que é obrigatório. Seguro é o próprio, total, cobre tudo.
    Não incluí aí, mas recentemente troquei a bomba da direção hidráulica e ficou em R$800,00. Já troquei também uma lanterna traseira mas foi porque um motoqueiro bateu nela. A patroa marcou o carro nos 4 cantos e nos 4 lados, coisas que vão ficando na história do carro e sem reparos. 
    Os leitores do blog já devem ter se informado que a patroa largou o emprego, portanto ela está com o carro pra si própria e para levar o moleque na escola. Por isso, tenho ido trabalhar de ônibus e tenho gostado de certa forma, porque muitas vezes vou sentado, dependendo do horário meu ônibus vai vazio, ele tem pista rápida (BRT), tenho que andar um pouquinho pra chegar no ponto e gosto disso e tem dia que vou de bicicleta, que adoro. Fora que gasto apenas R$6,20 pra ir e voltar, uma fração do que gastava com o possante. Outra coisa legal é o prazer que dá dirigir meu caranguinho (deixou de ser coisa diária).

    E aí? Vai comprar um carro? Se ver depois o custo de oportunidade comprando o bem, desistirá fácil, ou então compre logo um bacana.


1947 Bentley Mk VI





4 comentários:

  1. É, fera, vou continuar a pé/de ônibus por um bom tempo!

    ResponderExcluir
  2. BI,

    Pensando pela sua lógica fiz umas continhas bem tristes. Sei que o custo pode não estar 100% correto e variar de cidade pra cidade, carro pra carro. Mas o meu é 1.0 e deve ser algo próximo.
    Pra ir e voltar pro trabalho gasto diariamente R$22. Foda né...
    Enfim, gostei do post. Tenta fazer mais posts nesse estilo, curtos e interessantes!

    Abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. É espantoso ver o quanto é caro andar de carro. Meu custo diário, levando e buscando esposa e filho, ficava por volta de R$15,00.

      Excluir